Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/single.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/single.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/single.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/header.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/header.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/header.php on line 4
Candidíase: Sintomas, Tratamento e Prevenção




Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/sidebar.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/sidebar.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/sidebar.php on line 4

Candidíase: Sintomas, Tratamento e Prevenção

Saúde — por Amoleka 07/12/2011 21:49

O verão já está aí batendo na porta e com ele nem sempre coisas agradáveis vêm no “pacote”. Algumas alergias, doenças como dengue e certas inflamações, são bem mais suscetíveis a acontecer durante as altas temperaturas do verão. O que me chateia é que essas porcarias na maioria das vezes são “exclusivas” para mulher, impressionante, viu!! Desculpem o momento desabafo. Uma dessas infecções é causada pela Cândida Albicans, um fungo que inflama a área atingida, no caso, a região genital da mulher.

Apesar de ser extramentamete incomoda e desconfortável, a infecção é bem conhecida pelo grande numero de mulheres que já tiveram uma única vez ou várias (nesse caso, Candidíase de repetição). A infecção não é causada exclusivamente por relações sexuais, ok? Qualquer tipo de contato pode transmitir o fungo para a área, aliás, ela nem é considerada uma DST. Trata-se de um vírus oportunista que se desenvolve de acordo das condições de defesas imunológicas, ou seja, quanto mais baixa estiver sua imunidade, mais chances de desenvolver esse inconveniente aí (hunf…).

Candidíase segundo o Ginecologistas

Segundo ginecologistas, até o aparelho digestivo pode ser habitado pelo fungo, principalmente o intestino e daí, contaminar a área genital, que é naturalmente úmida e possui calor, ideais para que o fungo se prolifere em condições de baixa imunidade. Como se não bastassem a boca também pode ser acometida pela doença, que se manifesta como o famoso “sapinho” dos bebês.

Essa porcaria tem como sintoma mais comum e nenhum pouco agradável, a coceira intensa, mas, além dela, outros sintomas importantes como o ardor vaginal (sensação de queimação, local “esquentando”) e o inchaço da área devem ser investigados. Também é possível que junto a tudo isso, surja em algumas mulheres contaminadas, um corrimento branco, de aspecto de leite talhado (Putz, que nojo!) e inodoro. ”

A doença Cândidiase também causa grande incomodo durante as relações sexuais e na hora de urinar, como dor e ardor.

Como prevenir a Cândidiase

É complicado dizer que existe algo que possa evitar essa inflamação, mas algumas medidas podem dificultar bastante o seu aparecimento. Fiquem atentas as dicas preciosas dos ginecologistas e mantenha essa inconveniente bem longe:

– Use somente roupas intimas de algodão. Outros tecidos como microfibra, malha e renda mantém a região vaginal úmida e quente, o que facilita o desenvolvimento dos fungos.

– Durante o banho, mesmo que seja tentador usar um daqueles sabonetes íntimos que prometem mil e uma proteções, use somente os que contenham pH neutro.

– Evite ficar com as peças intimas molhadas por muito tempo (atenção mulherada na hora da praia e piscina!)

– Dormir sem calcinha e evitar roupas muito justas para que a região vaginal possa ficar livre de calor e umidade excessiva. Durante o banho, lave a

Além dessas preciosas dicas, os ginecologistas atentam para o uso de pílulas com grande concentração de estrogênio e pessoas com diabetes descompensado. Isso porque ambos são fatores predisponentes para o desenvolvimento do fungo causador da Candidiase.

Conseqüências da Candidiase

Pelo menos uma coisa boa nisso tudo: a candidiase não costuma trazer conseqüências serias, mas, pode facilitar outros tipos de infecções. Portanto, procure o médico de sua confiança o quanto antes, assim que perceber qualquer um dos sintomas citados acima. Isso porque os sintomas são bem parecidos com uma doença que, mesmo assintomática na maioria das vezes, causa incômodos bem parecidos com a Candidiase, a Clamídia. Essa sim é uma DST bem comum, causada por uma bactéria, mas que se não tratada corretamente pode levar até mesmo a infertilidade. A boa notícia é que, na grande maioria das vezes, a Candidíase não traz conseqüências mais sérias.

O tratamento para o combate ao fungo é bem simples e rápido: geralmente é receitado pelo medico um creme vaginal ou, comprimidos caso a mulher tenha vida sexual ativa com parceiro, com o objetivo de tratar ambos já que as chances de um contaminar o outro são bem grandes.

Seguindo o tratamento direitinho, em cerca de 7 dias, tudo volta ao normal e aí, é só ficar de olho e cuidar ainda melhor de sua saúde intima, ok?

A seguir artigos relacionados à Candidíase: Sintomas, Tratamento e Prevenção

  • No Related Post

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/comments.php on line 2

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/comments.php on line 2

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/comments.php on line 2

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment



Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/footer.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/footer.php on line 4

Warning: Illegal string offset 'id' in /home/amoleka/public_html/wp-content/themes/yamidoo/footer.php on line 4